Ultramaratona 24h de Campinas – A última, do ano.

O Fernando Nogueira, colega ultramaratonista e organizador da prova pensou em tudo. Ofereceu aos atletas tudo que é necessário, principalmente muita gentileza e carinho a todos presentes.

Se vocês repararem na foto que ilustra o troféu vejam o sol sobre o lago e a previsão de calor escaldante. Foi o que aconteceu. A temperatura chegou aos 40 graus (alguns falaram que viram 42 graus). Por sorte, boa parte do trajeto era na sombra parcial das árvores, do contrário iríamos virar um churrasco.

Ainda não sei o resultado oficial, sei que não cheguei perto da minha média histórica dos 150 km, mas terminei a prova “correndo e com saúde”.

Atualizado em 29 de novembro: Fiz 120 km (acho que o chip falhou em algumas voltas). Mas enfim, deu pro gasto!!!

Parabéns ao Fernando pela organização da prova, votos de que os poucos problemas existentes não o desmotive para já pensar na segunda edição em 2011.

Parabéns aos atletas, aos que disputaram o pódium, os que enfrentaram o calor, os que enfrentaram a idade, os que enfrentaram o peso, os que enfrentaram a falta de uma perna (parabéns Paulo), os que enfrentaram as bolhas, as assaduras, as dores musculares, as lesões – todos são vencedores.

Anúncios

15 Respostas para “Ultramaratona 24h de Campinas – A última, do ano.

  1. Paulo Ribeiro Felisoni

    Olá João,
    Fazer Ultramaratona com 43 graus não é fácil! Achei o lugar muito bonito e a estrutura muito boa. Para mim,´a única mudança é fazer essa ultra no inverno. Parabéns pela sua conquista! Abraços, Paulinho Zoom.

  2. Ola João. Pode me passar seu e-mail? Estou fazendo uma matéria para a revista Contra Relógio e gostaria de entrevistá-lo. Abraços!

  3. Teve que usar filtro solar, com certeza. Atenção todos atletas, com a chegada do verão precisamos proteger a pele do sol.
    Esta é outra preocupação que devemos alertar a companheirada. Parabéns pelo resultado, mais um desafio vencido, um grande abraço, Eduardo

  4. Parabéns por mais uma ULTRA conquista !
    Vc foi Guerreiro!
    Grande Abraço

  5. Obrigado Alberto: Foi um pena vc ter ficado doente no dia da prova. Na próxima vamos juntos!!! Abraço.

  6. Eduardo: Vc tem toda razão. Não usei e sou um péssimo exemplo neste quesito. Não adianta dizer que tenho pele escura, que no rosto começa a suar e arde os olhos. Procurarei corrigir esta falha amigão.

  7. Paulinho: É muito boa sua sugestão. Parabéns pelo seu resultado. Abraço.

  8. Pois Dr.Guerreiro, Gabbardo, estiemos por lá e sofremos juntos , a prova não foi fácil, mas, guerreiros que somos vencemos todos as dificuldades impostas pelo percurso com muitas pedra no caminho e fortissimo calor algo em torno de 40ºC , mais uma vez consegui um destaque e a nivel de 24hs tenho a melhore marca de um Gaúcho : 24hs – 233,202 5º marca sulamericano , posteriormente tenho outro excelente Ultra que por motivos pessoas saiu temporiamente do senário Vanderlei Mena Bombeiro em Flores da Cunha, é isso ai próximo desafio 7ª TTT – Torres – Tramandaí , aonde procuraremos nos destacar novamente, abss

  9. Obrigado Jaime pela visita ao blog. Neste prova ficou claro uma coisa: Além de ser um dos melhores ultras brasileiros vc é muito querido por todos. Nunca tinha visto tanto apoio por um atleta. Todos corriam preocupados contigo, querendo saber como estavas, se mantinhas o ritmo etc.. E depois de ler a crônica do Sérgio Xavier no blog da Runners deu pra ver como isto era evidente e real.
    Parabéns Jaime, te espero na TTT.

  10. Parabéns pela conquista! Deve ter sido uma grande festa!
    abraço,
    Sergio Melo
    corredorfeliz.blogspot.com

  11. Ué não entendi, vc disse que a Ultra de Campinas foi a última do ano??? Que isso doutor vc faz parte do Marathon Maniacs em Dezembro tem a Ultra de 5 Pontões tu não fai correr???? É meu amigo sofremos nessa 24 horas mais no final valeu a pena não é mesmo, meus parabéns por mais uma ultra reallizada e conquistada.

    Um forte abraço.

  12. Jorge: Em janeiro tem a BR 135 (217 km de Serra), preciso descansar um pouco.
    Nos últimos 5 meses fiz 4 provas de 24h, média de quase uma 24h por mês.
    Mas não me provoque muito pois facilmente mudo meu planejamento.
    Quanto ao sofrimento é assim mesmo, termina a prova a gente acha que sofreu muito mas isto ocorre em todas provas. Nunca vamos fazer uma prova de 24h sem sofrimento. Grande abraço e parabéns pelo excelente resultado.

  13. Parabéns a todos! Acompanhei on line essa prova e é admirável a superação de todos os atletas. Espero em breve estar nessa tb e ser uma ultra!!! KKKkk

    Valeu!!

    Pri

  14. Ah, o Peixoto tava doente, estranhei a performance dele! Pois é, há quem tenha visto 40, 42 e até 43ºC no termômetro. Eu vi elefante amarelo, girafa voando e um monte de pontinho preto também. Sol infernal! Dizem que o Jaime tem tanto apoio por causa do time que torce, mas eu discordo (do time, não do apoio). É impressionante a volubilidade das pessoas que fazem uma prova dessas. Logo após o final da prova é um tal de “nunca mais”… dois dias depois, passadas as dores musculares, já tá todo mundo planejando a próxima. A Tomiquinho me disse que nunca mais faria uma dessas. Alguém acredita??? Abraços e parabéns por mais um desafio cumprido (e comprido).

  15. Mais um troféu para coroar mais um ano correndo com saúde! Que legal!
    Que em 2011 ainda outros desafios sejam vencidos 😉
    Um beijo cheio de carinho e saudades,
    Déa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s