Vencendo a obesidade: com força de vontade, Tiago “enterrou” mais de 70kg em menos de um ano

Matéria publicada na Zero Hora de 28/10/10 – Jornalista Sabrina Silveira.
Hoje o rapaz participa de maratonas, além de fazer musculação, nadar e correr
No dia 2 de novembro do ano passado, Dia de Finados, Tiago Silva resolveu que iria “enterrar” seu maior problema: um sobrepeso de 90 kg. Medindo 1,83 metros de altura, naquela época, Tiago pesava 170 quilos.
Após onze meses, ele comemora os resultados e o sucesso do seu esforço. Por conta própria, já perdeu 73 quilos e pretende emagrecer um pouco mais para chegar ao seu peso ideal: 81 quilos.

— Até quero perder mais peso. Só que agora com menos pressa — diz Tiago, que agora faz acompanhamento nutricional.
O que mais orgulha o porto-alegrense, é o fato de ter conseguido vencer a obesidade sem precisar de cirurgias, apenas com força de vontade e “muito exercício”. Estressado e ansioso, Tiago chegou a procurar um médico por sentir dores no peito pouco antes de decidir emagrecer. Ouviu dele um alerta: seu coração estava trabalhando em dobro, como se bombeasse sangue para duas pessoas.
— Eu tinha acabado de comer um churrasco, no feriado do dia 2 de novembro, aí deitei na minha cama e comecei a pensar na minha vida e tentar entender o porquê estava fazendo aquilo comigo mesmo. Coloquei na minha cabeça, que aquilo só estava daquela forma por minha causa. No dia dos mortos, decidi que iria enterrar a minha gordura — relembra.
Deste dia em diante, Tiago embarcou em uma empreitada para eliminar os quilos extras. Cortou refrigerantes, frituras, doces e pães. Nunca gostou de saladas e frutas, mas aprendeu o valor que elas tinham para chegar ao seu objetivo final. Além de mudar a alimentação, começou, aos poucos, a fazer exercícios.
Ele admite que o início não foi fácil, pois sentia muita fome e escondia das pessoas que estava fazendo regime. Quando falava, era obrigado a ouvir chacotas e piadinhas de algumas pessoas.
— Quanto mais falavam, riam, mais força eu tinha para não ter recaídas — conta Tiago.
Na primeira semana já tinha perdido cinco quilos. Depois começou a perceber a diferença nas roupas. A calça 66 que usava antes da dieta serve como medalha. Hoje veste 18 números a menos.
— É outra vida. Quem me olha, só acredita porque está me vendo — brinca.
Motivado a incentivar outras pessoas que passam pela mesma situação, Tiago chegou a montar um perfil na internet para responder dúvidas e contar sua história.

Perder peso significou para Tiago o início de um novo estilo de vida. Ele conta que, antes da dieta, cinco minutos de caminhada significavam um grande esforço. Hoje, exibe as fotos das maratonas das quais participa. Além da academia, que frequenta todos os dias, ele ainda arranja tempo para correr e nadar.
— Antes tudo era difícil, até mesmo colocar uma meia, me abaixar — conta.
Há pouco tempo, percorreu 35km em uma corrida em São Francisco de Paula.
— Essa foi a primeira vez que meus pais me viram correr. Quando alcancei a linha de chegada, meu pai estava chorando de felicidade e de orgulho.

Anúncios

5 Respostas para “Vencendo a obesidade: com força de vontade, Tiago “enterrou” mais de 70kg em menos de um ano

  1. Um exemplo que é possível… basta força de vontade!

  2. Tiago, meus parabéns!
    sei bem o que voce sente, pois eu mesmo já perdi mais de 50 kg (http://migre.me/1Pyp2) e hoje corro, ainda não corro maratonas, mas completei minha segunda meia maratona domingo passado (http://migre.me/1PysV). Hoje mesmo estava falando com uma amiga que só quem passou pelo que nós passamos que consegue entender a sensação de estar correndo, independente do rítmo que se consegue manter. Voce ainda tem mais créditos, porque não precisou tomar um susto como eu tomei pra tomar a decisão que tomou.

    Abraços,
    bora correr.

  3. Olá Jacke: Obrigado pela visita ao blog. Estou remetendo seu comentário ao Tiago. Abs, João Gabbardo.

  4. Prezado Claudio: Estou remetendo seu comentário ao Tiago. Parabéns a vc também, em breve estarás correndo maratona. Abs, João Gabbardo

  5. João,
    Parabéns ao Tiago pela força de vontade e determinação e também ao Claudio, mesmo tendo usado medicação.
    Para nós médicos, mesmo quando temos o cuidado de em todas as consultas reafirmarmos aos pacientes a importância de estar com o peso adequado, dificilmente contamos com a aderência dos pacientes, principalmente quando se trata de obesidade.
    É muito difícil o paciente mudar toda uma vida de hábitos incorretos. A maioria encaram com dieta e ao longo dos meses desaminam, porém aqueles que vêem com reeducação alimentar e mudança de estilo de vida vencem.
    É muito importante ver um site como o seu, de ampla abrangência, divulgar um assunto tão sério como esse, de forma tão positiva, Com certeza esse artigo ajudará várias pessoas que precisam de coragem para iniciar essa jornada.
    Abraços,
    Núbia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s