Variação genética protege contra o alcoolismo

Durante nossa formação e desenvolvimento física e cultural fomos aprendendo que o “bom” era ser forte com as bebidas alcoólicas. Forte era quem resistia a maior quantidade de ingestão. Forte era quem ficava bêbado por último. Esta pesquisa mostra o contrário: os mais fracos seriam os mais protegidos pois a quantidade de álcool no organismo seria menor.

Pesquisadores norte-americanos descobriram uma variação genética que protege contra o alcoolismo, abrindo potencialmente o caminho para tratamentos preventivos.
Segundo o estudo,uma variante do gene CYP2E1 está ligada à reação ao álcool e as pessoas que a possuem se embriagam com muito menos bebida que as demais. Pesquisas anteriores demonstraram que indivíduos que apresentam forte reação a pequenas quantidades de álcool têm menor propensão ao alcoolismo, mas a origem genética desta reação ainda não estava clara.
“Encontramos um gene que protege contra o alcoolismo e que tem um efeito muito forte”, disse o doutor Kirk Wilhelmsen, professor de genética na Universidade da Carolina do Norte. “Mas o alcoolismo é uma doença muito complexa e há um grande número de complicadas razões pelas quais as pessoas bebem. Essa variação genética pode ser apenas uma destas razões”, advertiu Wilhelmsen. Para identificar as características genéticas do alcoolismo, o doutor Wilhelmsen e seus colegas analisaram a reação ao álcool de centenas de duplas de irmãos adultos com histórico de alcoolismo em ao menos um dos pais.
Os pesquisadores determinaram então a região do cérebro onde estariam os genes capazes de influenciar na maneira de se perceber os efeitos do álcool, e conseguiram isolar o CYP2E1.

Anúncios

Uma resposta para “Variação genética protege contra o alcoolismo

  1. Alguem um dia me falou para sair mais a noite, aproveitar mais.
    – Respondi: Eu queria mesmo era ter corrido mais, ter bebido mais agua e isotonico, e ter visto mais vezes o sol nascendo. Esta vivência em corridas, treinos e afins é o melhor que encontrei. Queria mesmo é ver menos pessoas bebendo, fumando se drogando, obesos e doentes. A corrida me da o prazer , mas tambem a preocupação com os que nada fazem para mudar. Um grande abraço. Eduardo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s